TopNews

Tempestades devastadoras no Rio Grande do Sul afetam 2,1 milhões

Chuvas Rio Grande do Sul
Foto: Reprodução/RBS TV

Mais de 2,1 milhões de gaúchos foram diretamente impactados pelos temporais devastadores que assolam o Rio Grande do Sul desde o final de abril. A Defesa Civil do estado atualizou os números alarmantes neste sábado: 136 mortos, 125 desaparecidos, e 806 feridos. Além disso, 618 mil pessoas encontram-se desalojadas, buscando refúgio em abrigos ou na casa de amigos e familiares.

Situação Atual dos Municípios e Previsão do Tempo: Das 497 cidades do estado, 446 reportaram severas consequências das chuvas. Porto Alegre e o Vale do Taquari estão entre as regiões mais afetadas, com previsões indicando continuidade das chuvas e possíveis geadas. O Inmet alerta para precipitações que podem alcançar até 140 milímetros neste domingo.

Enchentes Elevam Níveis de Lagoas e Alerta de Segurança: A Lagoa dos Patos e o Guaíba viram seus níveis de água subir dramaticamente, com previsões de mais aumentos devido às chuvas contínuas. Essa situação eleva o risco de enchentes em áreas já críticas.

Medidas de Segurança e Assistência Governamental: O governo do Rio Grande do Sul tomou medidas urgentes para reforçar a segurança nos abrigos, com a detenção de 11 indivíduos por delitos cometidos nestes locais. Além disso, anunciou um pacote de R$ 50 milhões para auxiliar hospitais e a saúde mental das vítimas. O DNIT criou rotas emergenciais para facilitar o transporte de veículos de emergência e suprimentos.

Ações Comunitárias e Resposta à Crise: Na capital, esforços estão em andamento para estabelecer um corredor humanitário no centro histórico, permitindo a movimentação eficaz de ajuda e resgate. O site SOS Enchentes foi reorganizado para centralizar informações sobre doações, bloqueios de estradas, e outros serviços essenciais.

To Top