Benefícios

INSS disponibiliza simulador de Aposentadoria para trabalhadores

Previdência INSS
rafastockbr/Shutterstock.com

Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) agora podem calcular com facilidade o tempo que falta para a aposentadoria, seja por idade ou tempo de contribuição, utilizando o simulador disponível no site Meu INSS. Esta ferramenta, oferecida pelo Governo Federal, automatiza os cálculos com base nos dados registrados no CPF do usuário, permitindo que ele se informe sobre sua situação previdenciária conforme as novas regras de transição vigentes desde 2023.

Como Usar o Simulador de Aposentadoria

O simulador de aposentadoria do Meu INSS é uma maneira prática e gratuita de descobrir quanto tempo falta para se aposentar. Siga o passo a passo abaixo para utilizar a ferramenta:

Passo 2: Na tela de login, informe seu CPF e clique em “Continuar”.

Passo 3: Digite a senha da sua conta Gov.br e clique em “Entrar”.

Passo 4: Após o login, clique na opção “Simular Aposentadoria”.

Passo 5: A tela exibirá quanto tempo falta para você se aposentar por tempo de serviço e por idade, conforme cada regra de transição da previdência.

Passo 6: Clique em uma das opções para ver os detalhes do cálculo da aposentadoria.

Vantagens do Simulador

Utilizar o simulador de aposentadoria do Meu INSS apresenta diversas vantagens:

  • Precisão nos Cálculos: A ferramenta utiliza os dados oficiais registrados no CPF do cidadão, proporcionando cálculos precisos e atualizados.
  • Facilidade de Acesso: O simulador está disponível online e pode ser acessado a qualquer momento.
  • Informações Detalhadas: Além de informar o tempo restante para aposentadoria, o simulador fornece detalhes sobre cada regra de transição, ajudando o usuário a planejar melhor seu futuro.

Importância de Planejar a Aposentadoria

Planejar a aposentadoria é fundamental para garantir uma transição tranquila e segura para a inatividade. Com as mudanças nas regras de previdência, estar bem informado sobre o tempo de contribuição e a idade necessária para se aposentar permite aos trabalhadores tomarem decisões mais assertivas sobre seu futuro financeiro.

O simulador do Meu INSS é uma ferramenta essencial para todos os segurados que desejam se manter atualizados e preparados para a aposentadoria, oferecendo um serviço acessível e eficiente para todos.

Confira como é a nova prova de vida no INSS

A prova de vida anual do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é obrigatória. No entanto, desde janeiro do ano passado, cabe ao INSS comprovar que o beneficiário está vivo. Para isso, recebe dados de outros órgãos públicos federais, preferencialmente biométricas, para realizar cruzamento de dados de cidadãos e cidadãs. Essas informações são cruzadas com outras que constam na base do governo.

Uma portaria publicada pelo Ministério da Previdência Social no último dia 8, decidiu que até 31 de dezembro de 2024 a falta de comprovação da prova de vida dos beneficiários do INSS não vai acarretar no bloqueio ou suspensão do benefício.

Além da orientação para o não bloqueio dos benefícios sem prova de vida até o final desse prazo, a portaria muda o período da contagem de 10 meses para a comprovação. Ou seja, ao invés de a contagem valer a partir da data de aniversário do segurado, ela agora começa da data da última atualização do benefício ou mesmo da última prova de vida.

É importante lembrar que, para comprovar a vida, não é preciso ir até o banco ou a uma agência do INSS. O segurado que preferir pode fazer a comprovação de vida pelo aplicativo Meu INSS. 

Dados da folha de pagamento de fevereiro deste ano apontam que atualmente 39.504.571 benefícios são pagos pelo INSS. Desse total, 23.113.768 são aposentadorias, 1.999.771 são auxílios, 5.864.393 são benefícios assistenciais, 8.440.102 são pensões por morte e 86.537 são outros benefícios do Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

To Top