Banco do Povo Paulista oferece crédito ao microempreendedor
Benefícios

Banco do Povo Paulista oferece crédito ao microempreendedor

pib 1

Um programa que oferece microcrédito ao empreendedor formal ou informal é uma realidade no Estado de São Paulo desde 1998. Por meio do Banco do Povo Paulista (BPP), o cidadão pode viabilizar o desenvolvimento socioeconômico local, bem como gerar renda e empregos para o seu próprio negócio.

Com a oferta de financiamentos, a entidade auxilia empreendedores de micros e pequenos negócios a conquistarem capital de giro e investimento fixo. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Emprego e Relações do Trabalho, o projeto é uma alternativa para alavancar diversas empresas paulistas.

“Muitas das pessoas que procuram o Banco do Povo possuem talentos em determinadas áreas, têm sonhos ou apenas precisavam de um empurrãozinho para fugir do desemprego. Hoje elas são microempreendedoras que garantem a renda familiar, por vezes conseguem empregar outras e ainda movimentam a economia do Estado. São pessoas que encontraram a salvação em uma oportunidade de negócio”, explica secretário do Emprego e Relações de Trabalho, Cícero Firmino da Silva.

Os empréstimos variam de R$ 200 a R$ 5 mil para pessoas físicas, de R$ 200 a R$ 20 mil para pessoas jurídicas e R$ 200 a R$ 25 mil para cooperativas e associações produtivas ou de trabalho. A liberação do capital, dessa forma, é coordenada pelo Desenvolve SP.

“A ideia é abranger cada vez mais empreendedores e fazer com que eles possam se desenvolver e expandir seu negócio com a ajuda do Banco do Povo. Com isso, ele tem a oportunidade de abrir vagas de emprego e usufruir de financiamento com juros bem subsidiados”, comenta o gerente do setor de Seguro-Desemprego da SERT, Miguel Sanchez.

O que chama atenção do cidadão, assim, são as condições de pagamento do crédito. Hoje, o Banco oferece a menor taxa de juros em todo o país. As pessoas físicas e jurídicas podem, respectivamente, parcelar o montante solicitado em até 24x e 36x, ambas com 0,35% ao mês.

Solicitação de crédito

A sua atuação no território paulista se dá através da parceria com os municípios. A pasta auxilia as prefeituras a abrirem uma agência com objetivo de facilitar o acesso dos empreendedores ao serviço. Dessa forma, um agente de crédito é treinado e capacitado para estabelecer essa ligação da cidade com o programa.

“É ele quem passa todas as coordenadas e informações necessárias para a pessoa conseguir solicitar o crédito. Depois que a demanda é encaminhada para a Secretaria de Emprego, é feita uma análise e a Desenvolve habilita a liberação do capital”, explica o diretor executivo do BPP, Alan Cortez.

De acordo com ele, se o empreendedor (formal ou informal) entregar todos os documentos solicitados em curto espaço de tempo, em cerca de 20 dias ele já tem o crédito liberado. Assim que ele quitar esse empréstimo, ele pode solicitar um novo.

“Cada vez mais estamos observando que as microempresas são fundamentais na ampliação de oportunidades de trabalho. Com esse dinheiro, o cidadão é incentivado a investir”, completa Cortez.

Desde a criação do programa, a SERT registrou 448,8 operações, totalizando R$ 1,95 bilhão de empréstimos. Hoje, já são 543 unidades do Banco espalhadas em todo Estado.

Mudanças de vida

Ronalda Simioni tinha o sonho de montar uma loja de artesanato em Emelino Matarazo, na zona Leste da capital paulista. No entanto, ela dispunha de muita vontade e pouco recurso. Quando descobriu o BPP e solicitou o empréstimo, teve fôlego para abrir o próprio negócio.

“Eu já recorri duas vezes ao Banco. Sem dúvida, foi de uma valia sem tamanho. Utilizei os créditos para diversificar os produtos da loja. Com ele, eu pude oferecer cursos de artesanatos e desenvolver a criatividade”, disse a empresária.

Ela ainda ressalta que a eficácia do programa não está apenas na facilidade e no pagamento do crédito. “Eles te ajudam em todos os sentidos. Eles estão de olho para oferecer suporte no que for necessário e dão força para que o nosso estabelecimento cresça cada vez mais. Mesmo sendo um empréstimo, eu indico para qualquer um que deseja ampliar o seu negócio”.

To Top