Tarifa social de energia proporciona descontos na conta luz
Benefícios

Tarifa social de energia proporciona descontos na conta luz

Conta de luz veio muito alta? Valores poderão ser devolvidos pela Enel

Tarifa social de energia proporciona descontos na conta luz A Tarifa Social de Energia foi criada para baratear em até 65% a conta de luz de famílias de baixa renda. O programa, no entanto, não tem sido aproveitado como poderia no país. De acordo com a Light, nos 31 municípios em que ela atua, 474 mil famílias usufruem do benefício, mas outras 270 mil, apesar de terem o direito, não o utilizam. O EXTRA explica como solicitar o cadastro para pagar menos na conta.

Entre as famílias com direito ao desconto, estão aquelas inscritas no CadÚnico, com renda familiar mensal de até meio salário mínimo (R$ 550) por pessoa. A renda pode chegar, porém, a até três salários mínimos (R$ 3.300) se houver na família pessoa portadora de doença ou patologia em que o tratamento necessite do uso contínuo de equipamentos ligados à energia (Cliente Vital). Também são beneficiários aqueles cidadãos que recebem BPC (Benefício de Prestação Continuada): idosos ou pessoas com deficiência que tenham renda familiar até 1/4 do salário mínimo (R$ 275).

O programa funciona da seguinte forma: nos primeiros 30 kWh/mês consumidos, o desconto é de 65%. Para consumo acima de 30 kWh e até 100 kWh/mês, o abatimento é de 40%. Se o uso de energia elétrica for entre 100 kWh e 220 kWh por mês, são 10% de desconto. E para residências que gastam mais de 220 kWh mensais, não há desconto. O benefício é concedido apenas a uma única unidade por família.

Como solicitar o benefício

Para obter a Tarifa Social, é preciso entrar em contato com a Light (0800-282-0120 ou www.light.com.br) apresentando o Número de Identificação Social (NIS), ou Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), juntamente com documentação necessária. Mais informações estão disponíveis no site da Light.

A Light tem 30 dias, a contar da solicitação do cliente, para consultar o cadastro único ou o Benefício da Prestação Continuada e confirmar a possibilidade de desconto da tarifa social. Para não perder o benefício, a família deve sempre atender aos critérios estabelecidos por lei e manter atualizadas as informações referente ao benefício junto ao CRAS.

To Top