Benefícios

Evite armadilhas ao pedir a aposentadoria no INSS

inss meu inss
Fotografia Mix Vale


A jornada para obter a aposentadoria pelo INSS pode ser repleta de desafios e dúvidas, especialmente para aqueles que optam por trilhar esse caminho de forma autônoma. A decisão de solicitar a aposentadoria sem o auxílio de um profissional exige um entendimento profundo das normativas do INSS, além de uma atenção redobrada aos detalhes de cada etapa do processo

Desmistificando a Aposentadoria Autônoma:
Solicitar a aposentadoria por conta própria é, de fato, uma possibilidade real para os trabalhadores brasileiros. Contudo, essa abordagem independente exige não apenas conhecimento das leis previdenciárias, mas também uma preparação meticulosa para evitar deslizes que podem custar caro no longo prazo.

Principais Erros a Evitar:

Aposentar-se Precipitadamente:
Decidir aposentar-se sem considerar o timing ideal pode resultar em benefícios reduzidos. Um planejamento cuidadoso e a consulta ao CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) são essenciais para garantir que todos os períodos de contribuição estejam corretamente registrados e para determinar o momento mais vantajoso para solicitar a aposentadoria.

Ignorar as Singularidades do Seu Caso:
Comparar sua situação com a de amigos ou familiares pode levar a conclusões equivocadas. Cada trajetória de trabalho é única, e fatores como períodos de insalubridade, contribuições como autônomo ou lacunas na contribuição podem influenciar significativamente o cálculo do benefício.

Escolher o Tipo Errado de Aposentadoria:
O INSS oferece várias modalidades de aposentadoria, cada uma com critérios específicos. Optar pelo tipo errado de aposentadoria ou não explorar todas as opções disponíveis pode resultar em benefícios menores do que o potencial máximo.

Negligenciar o Planejamento Previdenciário:
A falta de um cálculo detalhado de aposentadoria pode ocultar oportunidades de otimizar o valor do benefício. Ferramentas de simulação e cálculos previdenciários são fundamentais para visualizar cenários futuros e tomar decisões informadas.

Desconhecer Inconsistências no CNIS:
Falhas no registro de contribuições no CNIS podem levar à negação ou redução do benefício. É crucial verificar se todos os períodos trabalhados estão corretamente documentados e, se necessário, corrigir quaisquer discrepâncias antes de solicitar a aposentadoria.

Não Reivindicar Períodos Especiais:
Trabalhadores que estiveram expostos a condições insalubres ou perigosas têm direito a condições especiais de aposentadoria. Falhar em solicitar a inclusão desses períodos pode resultar em uma aposentadoria menos vantajosa.

Desistir Após uma Negativa:
Uma negativa do INSS não é o fim da linha. Muitas vezes, os pedidos são negados por erros administrativos ou falta de documentação adequada. É importante buscar entender o motivo da recusa e, se necessário, recorrer da decisão.

To Top